... :)

Partilhemos...

terça-feira, agosto 24, 2004

A vida é como uma rosa
Frágil por fora
Cheia de beleza no seu interior
Cheia de fertilidade

Ao conservarmos o que temos de delicado
Que são as nossas relações com o mundo
Conseguiremos mostrar e dar
Toda a beleza que há no nosso interior

7 Comments:

Blogger CBKCaesar said...

Gostei! A fragilidade que o corpo humano possuí só é equiparável à beleza e força que o ser possuí em fé. Porque é fé acreditar e sentir naquilo que não se vê... seja amor, coragem, amizade ou crença num Deus! E como é belo possuír essa força dentro de nós que faz "mover montanhas"! :-)
*********
César

3:32 da tarde  
Blogger melquíades said...

Que bonito Cásar o teu comentário. :)
Obrigada, é sempre tão bom quando se vê para além do que se pode possuir. É fantástico saber que a vida e o amor nunca morrem, porque faz sentir que mesmo que o nosso corpo morra... somos parte de tudo o que vive.
Beijinhos

10:53 da tarde  
Blogger CBKCaesar said...

Sem dúvida alguma! :-) Os nossos horizontes abrem-se de uma maneira que mal conseguimos acolher tudo o que recebemos tal é a quantidade! Apercebemo-nos dos pequenos pormenores, da simplicidade da vida. Tenho aprendido isso aos poucos e é aos poucos que espero continuar a absorver e aprender... e ainda mais pô-lo em prática! Isso sim, é o difícil! Requer força, coragem, determinação! É isto que há-de perdurar para sempre e pelo qual vale bem a pena esforçarmo-nos e sacrificarmo-nos! :-)
Parece-me a mim que as pessoas olham para a vida como algo demasiado complicado. E isso fá-las definhar por qualquer contrariedade! Alturas houve em que eu pensava ser apenas demasiado optimista... mas hoje não! Acredito na simplicidade da vida e na alegria que essa simplicidade nos traz!
beijinhos!
César

12:38 da tarde  
Blogger melquíades said...

As palavras que escreves continuam a ser muito bonitas. É bom saber que apesar de a grande maioria das pessoas olhar estes pensamentos de uma forma muito crítica e mesmo a dizer "acorda para a vida, em que mundo é que vives?", tenho a alegria de afirmar (e talvez também tenhas) que vivo realmente "Na terra dos sonhos!".
Muitos beijinhos :)

12:09 da tarde  
Blogger CBKCaesar said...

É como dizes... "Na Terra dos Sonhos"! A questão é: conseguimos nós fazer do sonho realidade?! É aí que reside a beleza das palavras, quando se tenta incutir o "sonho" na vida real! Quantas vezes não ouvi já isso que me dizes agora ao que sempre respondi: "E quem está a viver de modo errado? Eu ou tu?" ;-) E sempre me inumeramn
Sabes, eu não sei se é da mentalidade dos portugueses, se das pessoas em geral... mas porque raio têm de dizer que a vida está mal, que isto, que aquilo!? Porque não se deixam simplesmente levar pelo que nos rodeia? Se tentassem (ao menos isso) saborear os pequenos prazeres da vida, tenho a certeza absoluta que olhavam para os momentos menos bons com outros olhos. Bolas, estarei assim tão errado?! Eu acho que não! Apenas sei dar valor ao que tenho e vivo de acordo com isso! É tão fácil ser-se feliz... para quê complicar?!
Como disseste... é muito bom partilhar esta mesma visão da vida! :-)
Beijo grande!
César

4:34 da tarde  
Blogger CBKCaesar said...

bolas... isto não tem "edit".
"... e sempre enumeram N razões pela qual a vida está mal.

4:36 da tarde  
Blogger melquíades said...

Mais uma vez obrigada. :) Muitos Beijinhos

11:50 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home